Home  |  Contact  

Email:

Password:

Sign Up Now!

Forgot your password?

CASA DAS LETRAS&ARTES DO TROVADOR
 
What’s New
  Join Now
  Message Board 
  Image Gallery 
 Files and Documents 
 Polls and Test 
  Member List
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 IMAGENS & GIFES 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 BIBLIOTECA DA LUSOFONIA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 SONETOS IMORTAIS 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 POEMAS AVULSOS 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 «« POESIA DE CORDEL «« 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 POESIA HISPÂNICA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 ARTE E HISTÓRIA NA PALAVRA E NA IMAGEM. 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 OBRA PRIMA DO DIA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 «« EFEMÉRIDES »» 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 CULINÁRIA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 80 MULHERES FAMOSAS COM MAIS DE 80 ANOS. 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 TÚNEL DO TEMPO 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 PORTUGAL - JARDIM À BEIRA MAR PLANTADO 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 MEU BRASIL BRASILEIRO - TODOS OS ESTADOS 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 ORAÇÕES 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 «« MÚSICA E SENTIMENTOS »» 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 NATAL É QUANDO O HOMEM QUISER 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 POETAS DEL MUNDO 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 DIA DOS NAMORADOS 2010 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 CARNAVAL 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 PÁSCOA E QUARESMA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 DIA DA MULHER 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 MP 3 & MIDIS 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 DIA DA MÃE 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 1ª DE MAIO - DIA DO TRABALHADOR 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 DIA DA CRIANÇA NA EUROPA 
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 
 FESTAS JUNINAS 
 
 
  Tools
 
BIBLIOTECA DA LUSOFONIA: WILLIAN SHALESPEARE
Choose another message board
Previous subject  Next subject
Reply  Message 1 of 8 on the subject 
From: QUIM TROVADOR  (Original message) Sent: 30/11/2009 08:40

23ef7843ef067d2308c2f841e25dcad3_we.gif picture by JCarvalho
  
 
 
 
voce_bar.gif
 
estrelariadour.gifSONETO 4estrelariadour.gif
Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
coracaozinhoDourado.gif
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
coracaozinhoDourado.gif
Beleza, Bem, Verdade, eis o que exprimo;
Beleza, Bem, Verdade, todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
coracaozinhoDourado.gif
Em um, três temas, de amplo movimento.
Beleza, Bem, Verdade sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.
coracaozinhoDourado.gifcoracaozinhoDourado.gifcoracaozinhoDourado.gif 
 William Shakespeare
Formatação : Marte/JCarvalho
 
voce_bar.gif
 

 

 


First  Previous  2 to 8 of 8  Next   Last  
Reply  Message 2 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:37

" O tempo é muito lento para os que esperam,

muito rápido para os que tem pressa,

muito longo para os que lamentam,
 
muito curto para os que festejam
 
mas, para os que amam,
 
o tempo é eternidade".

Shakespeare, William

 


William Shakespeare
(1564 - 1616)
 

Fecha y lugar de nacimiento:
Nació el 23 de Abril de 1564 en Stratford-upon-Avon, Inglaterra
Falleció el 23 de Abril de 1616 en Stratford-upon-Avon

 



"Isto acima de tudo:vosso eu verdadeiro.
E a isto deve seguir,
como a noite ao dia,
não deveis ser falsos para ninguém."

 
BIOGRAFIA

OBRAS


TEXTOS


BIBLIOGRAFIA SOBRE O ESCRITOR
 
LINKS


 
   

Espelho não me Prova que Envelheço

Espelho não me Prova que Envelheço
O espelho não me prova que envelheço
Enquanto andares par com a mocidade;
Mas se de rugas vir teu rosto impresso,
Já sei que a Morte a minha vida invade.

Pois toda essa beleza que te veste
Vem de meu coração, que é teu espelho;
O meu vive em teu peito, e o teu me deste:
Por isso como posso ser mais velho?

Portanto, amor, tenhas de ti cuidado
Que eu, não por mim, antes por ti, terei;
Levar teu coração, tão desvelado
Qual ama guarda o doce infante, eu hei.

E nem penses em volta, morto o meu,
Pois para sempre é que me deste o teu.

Tradução Ivo Barroso

Shakespeare, William


 
   

Há quem diga

Há quem diga que todas as noites são de sonhos...
Mas há também quem diga nem todas...
Só as de verão...
Mas no fundo isso não tem muita importncia...
O que interessa mesmo não são as noites em si...
São os sonhos...
Sonhos que o homem sonha sempre...
Em todos os lugares, em todas as épocas do ano...
Dormindo ou acordado...

 

Shakespeare, William


 
   
 

Versos

Que eu não veja empecilhos na sincera
União de duas almas. Não amor
É o que encontrando alterações se altera
Ou diminui se o atinge o desamor.
Oh, não! Amor é ponto assaz constante
Que ileso os bravos temporais defronta.
É a estrela guia do baixel errante,
De brilho certo, mas valor sem conta.
O Amor não é jogral do tempo, embora
Em seu declínio os lábios nos entorte.
O Amor não muda com o dia e a hora,
Mas persevera ao limiar da morte.
E, se se prova que num erro estou,
Nunca fiz versos, nem jamais se amou."
 
Shakespeare, William


 
   

Sonetos de Amor - I

De los hermosos el retoño ansiamos
para que su rosal no muera nunca,
pues cuando el tiempo su esplendor marchite
guardará su memoria su heredero.

Pero tú, que tus propios ojos amas,
para nutrir la luz, tu esencia quemas
y hambre produces en donde hay hartura,
demasiado cruel y hostil contigo.

Tú que eres hoy del mundo fresco adorno,
pregón de la radiante primavera,
sepultas tu poder en el capullo,

dulce egoísta que malgasta ahorrando.
Del mundo ten piedad: que tú y la tumba,
ávidos, lo que es suyo no devoren.

 

Shakespeare, William


 
   


 


que a melhor sala de aula do mundo está aos pés
de uma pessoa mais velha;


que ter uma criança adormecida nos braços 
é um dos momentos mais pacíficos do mundo;


que ser gentil é mais importante do que estar certo;


que nunca se deve negar um presente a uma criança;


que eu sempre posso fazer uma prece por alguém
quando não tenho a força para ajudá-lo de alguma outra forma;


que não importa quanta seriedade a vida exija de você,
cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto;


que algumas vezes tudo o que precisamos é de uma mão para segurar
e um coração para nos entender;


que os passeios simples com meu pai em volta do quarteirão
nas noites de verão quando eu era criança fizeram maravilhas 
para mim quando me tornei adulto;


que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos;


que dinheiro não compra "classe";


que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular;


que debaixo da "casca grossa" existe uma pessoa 
que deseja ser apreciada, compreendida e amada;


que Deus não fez tudo num só dia; o que me faz pensar que eu possa ?


que ignorar os fatos não os altera;


que quando você planeja se nivelar com alguém, 
apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;


que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

 que a maneira mais facil para eu crescer como pessoa
é me cercar de gente mais inteligente do que eu;


que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso;


que ninguem é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;


que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;


que as oportunidades nunca são perdidas; 
alguém vai aproveitar as que você perdeu.


que quando o ancoradouro se torna amargo 
a felicidade vai aportar em outro lugar;


que devemos sempre ter palavras doces e gentis 
pois amanhã talvez tenhamos que engolí-las;


que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência;


que não posso escolher como me sinto, 
mas posso escolher o que fazer a respeito;


que todos querem viver no topo da montanha,
mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;


que só se deve dar conselho em duas ocasiões:
quando é pedido ou quando é caso de vida ou morte;


Que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
 

 

 

 


Reply  Message 3 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:44
SONHOS DE UMA NOITE DE VERãO


 

 

Há quem diga que todas as noites são de sonhos
Mas há também quem diga nem todas,
Só as de verão.

Mas no fundo isso não tem muita importncia.
O que interessa mesmo não são as noites em si,
são os sonhos.

Sonhos que o homem sonha sempre
Em todos os lugares,
Em todas as épocas do ano,
Dormindo ou acordado.

William Shakespeare
"Sonhos de Uma Noite de Verão"

 
   
 
 
 

                                                                  

 

AMOR E AMIZADE

Perguntei a um sábio ,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas ,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

William Shakespeare

 

  BATTEBATTE--SEPA.gif picture by OKKIDAFATA


 
   
 
 
 
 
 

                                                                

                                                                                                                     
 
 
APRENDENDO A VIVER
(William Shekespeare)
 
Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença entre dar a mão e a
correntar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
E que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com cabeça erguida
e olhos adiante, com a graça de um adulto e
não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
 
porque o terreno de amanhã é incerto demais para os
planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
 
Depois de um tempo você aprende que o
sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe,
algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai feri-lo de vez em quando e você
precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode livrar dores emocionais.
Descobre que se leba anos para se construir confiança  e apenas segundos para destruí-la, e que você  pode fazer coisas em um instante, das quais se
arrependerá pelo resto da vida.
 
Aprende que verdadeiros amizades continuam a crescer mesmo a longas distncias.
E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família
que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam,
percebe que seu melhor amigo e você podem fazer
qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoascom quem você mais se
importa na vida são tomadas de você muito depressa,
Por isso sempre devemos deixar as pessoas
que amamos com palavras amorosas,
pode ser a última vez que as vejamos.
 
Aprende que as circunstncias e os ambientes
têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar
com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a
pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde chegou,
mas onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que ou você controla os seus atos ou eles o
controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco
ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada
e frágil seja a situação, sempre existem os dois lados.
 
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era
necessário ser fazer, enfrentando as conse qüências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você
espera que o chute quando você cai é uma das
pessoas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que a maturidade tem mais a ver com
os tipos de experiência que se teve
e o que você aprendeu mais com elas
do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais
em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma
criança que sonhos são bobagens.
Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma
tragédia se ela acreditasse nisso.
 
Aprende que quando está com raiva tem o direito de
estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do
jeito que você quer que ame, não significa que
esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas
simplesmente não sabem demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem
que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga,
Você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos
pedaços seu coração ficou partido,
o mundo não pára para que você o conserte.
 
Aprende que o tempo não é
algo que possa voltar para atrás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não pode mais.
Aprende que nossas dúvidas são traidoras
e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar.
E que realmente a vida tem valor e que
VOCê tem valor diante da vida!
 

 
   

                                                                 

Soneto LXV

 O bronze, a pedra, a terra, o mar sem fim.

Se a morte impõe a todos o seu rigor,

Como a beleza há de durar assim

Se não tem mais que a força de uma flor?

 

Será que o sopro do verão perdura

Contra o assédio dos dias de tormenta,

Se nem a pedra se conserva dura

Nem os portões de aço se sustentam?

 

Terrível reflexão! Como ocultar

Do Tempo a sua mais cara riqueza?

Seu pé veloz que mão há de parar?

 

Quem lhe proíbe o desgaste da beleza?

Ninguém: só se um milagre faz-se impor,

E em tinta negra esplende o meu amor.

tradução Geraldo Carneiro


Reply  Message 4 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:49

Sonetos de Amor - II

Cuando asedien tu faz cuarenta inviernos
y ahonden surcos en tu prado hermoso,
tu juventud, altiva vestidura,
será un andrajo que no mira nadie.

Y si por tu belleza preguntaran,
tesoro de tu tiempo apasionado,
decir que yace en tus sumidos ojos.
dará motivo a escarnios o falsías.

¡Cuánto más te alabaran en su empleo
si respondieras : - "Este grácil hijo
mi deuda salda y mi vejez excusa",

pues su beldad sería tu legado!
Pudieras, renaciendo en la vejez,
ver cálida tu sangre que se enfría. 


 

                                                                                                                                                               

 


 
   
 

Sonetos de Amor - III

Mira a tu espejo, y a tu rostro dile:
ya es tiempo de formar otro como éste.
Si no renuevas hoy su lozanía,
al mundo engañas y a una madre robas.

¿Quién es la bella del intacto seno
que tu cultivo marital desdeñe?
y ¿quién tan loco para ser la tumba
de un amor egoísta sin futuro?

Tu madre encuentra en ti, que eres su espejo,
la gracia de su abril, su primavera;
así, de tu vejez por las ventanas,

aunque mustio, verás tu tiempo de oro.
Mas si pasar prefieres sin memoria,
muere solo y tu imagen morirá.


 

                                                                                                                                                                                    

 


 
   

Sonetos de Amor - IV

Derrochador de encanto, ¿por qué gastas
en ti mismo tu herencia de hermosura?
Naturaleza presta y no regala,
y, generosa, presta al generoso.
Luego, bello egoísta, ¿por qué abusas
de lo que se te dio para que dieras?
Avaro sin provecho, ¿por qué empleas
suma tan grande, si vivir no logras?
Al comerciar así sólo contigo,
defraudas de ti mismo a lo más dulce..
Cuando te llamen a partir, ¿qué saldo
podrás dejar que sea tolerable?
Tu belleza sin uso irá a la tumba;
usada, hubiera sido tu albacea.

 

                                                                                                                                                                                

 


Reply  Message 5 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:52
Sonetos de Amor - XV

Cuando pienso que todo lo que crece
su perfección conserva un mero instante;
que las funciones de este gran proscenio
se dan bajo la influencia de los astros;
y que el hombre florece como planta
a quien el mismo cielo alienta y rinde,
primero ufano y abatido luego,
hasta que su esplendor nadie recuerda:
la idea de una estada tan fugaz
a mis ojos te muestra más vibrante,
mientras que Tiempo y Decadencia traman
mudar tu joven día en noche sórdida.
Y, por tu amor guerreando con el Tiempo,
si él te roba, te injerto nueva vida.
 

                                                                                                                                                                   



 
   

 
 

Sonetos de Amor - XVI

¿Y por qué no es tu guerra más pujante.
contra el Tirano tiempo sanguinario;
y contra el decaer no te aseguras
mejores medios que mi rima estéril? 
En el cenit estás de horas risueñas.
Los incultos jardines virginales
darían para ti vivientes flores,
a ti más semejantes que tu efigie. 
Tendrías vida nueva en vivos trazos,
pues ni mi pluma inhábil ni el pincel
harán que tu nobleza y tu hermosura 
ante los ojos de los hombres vivan.
Si a ti mismo te entregas, quedarás
por tu dulce destreza retratado.

 


Reply  Message 6 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:56
 
   
 

23ef7843ef067d2308c2f841e25dcad3_we.gif picture by JCarvalho
  
 
 
 
voce_bar.gif
 
estrelariadour.gifSONETO 4estrelariadour.gif
Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
coracaozinhoDourado.gif
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
coracaozinhoDourado.gif
Beleza, Bem, Verdade, eis o que exprimo;
Beleza, Bem, Verdade, todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
coracaozinhoDourado.gif
Em um, três temas, de amplo movimento.
Beleza, Bem, Verdade sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.
coracaozinhoDourado.gifcoracaozinhoDourado.gifcoracaozinhoDourado.gif 
 William Shakespeare
Formatação : Marte/JCarvalho
 
voce_bar.gif
 

 

 

Reply  Message 7 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:57
de Amor - V

Las horas que gentiles compusieron
tal visión para encanto de los ojos,
sus tiranos serán cuando destruyan
una belleza de suprema gracia:
porque el tiempo incansable, en torvo invierno,
muda al verano que en su seno arruina;
la savia hiela y el follaje esparce
y a la hermosura agosta entre la nieve.
Si no quedara la estival esencia,
en muros de cristal cautivo líquido,
la belleza y su fruto morirían
sin dejar ni el recuerdo de su forma.
Mas la flor destilada, hasta en invierno,
su ornato pierde y en perfume vive.
 
 
                                                                                                                                                    

 
   


No dejes, pues, sin destilar tu savia,
que la mano invernal tu estío borre:
aroma un frasco y antes que se esfume
enriquece un lugar con tu belleza. 
No ha de ser una usura prohibida
la que alegra a quien paga de buen grado;
y tú debes dar vida a otro tú mismo,
feliz diez veces, si son diez por uno. 
Más que ahora feliz fueras diez veces,
si diez veces, diez hijos te copiaran:
¿qué podría la muerte, si al partir 
en tu posteridad siguieras vivo?
No te obstines, que es mucha tu hermosura.
para darla a la muerte y los gusanos. 
 
Sonetos de Amor - VI
                                                                                                             


 
   


Sonetos de Amor - VII

¡Ve! si en oriente la graciosa luz
su cabeza flamígera levanta,
los ojos de los hombres, sus vasallos,
con miradas le rinden homenaje. 
Y mientras sube al escarpado cielo,
como un joven robusto en su edad media,
lo siguen venerando las miradas
que su dorada procesión escoltan. 
Pero cuando en su carro fatigado
deja la cumbre y abandona al día,
apártanse los ojos antes fieles, 
del anciano y su marcha declinante.
Así tú, al declinar sin ser mirado,
si no tienes un hijo, morirás.
  
                                                                                              


Reply  Message 8 of 8 on the subject 
From: FOFUCHA Sent: 05/12/2009 14:58
 
ALGUÉM TE AMARÁ
 
"Depois de algum tempo você...
Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam.
Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer
coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida
são tomadas de você muito depressa,
por isso sempre devemos deixar, a cada vez,
as pessoas que amamos com palavras amorosas,
pois pode ser a última vez que as vejamos.
Começa a aprender que não se deve comparar com os outros,
mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa
quequer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas aonde está indo,
e se você não sabe para aonde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era
necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer vivência...
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai
é uma das poucas que o ajudam a levantar- se.
Aprende que maturidade tem mais a ver
com os tipos de experiência que se teve,
e o que você aprendeu com elas,
do que com quantos aniversários você celebrou.
Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que
você quer que ame,
não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente,
não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,
algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi
partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar...
que realmente é forte,
e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor
e que você tem valor diante da vida!"
 
 
Shakespeare


First  Previous  2 a 8 de 8  Next   Last  
Previous subject  Next subject
 
©2022 - Gabitos - All rights reserved